segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

[Resenha] O triste fim do menino Ostra e outras histórias.

Resenha: O triste fim do menino Ostra e outras histórias

Autor: Tim Burton 

Nota: 

Ano: 2007
Páginas: 128
Editora: Girafinha

Sinopse:
 Das incríveis animações em stop motion — como O estranho mundo de Jack e A noiva cadáver — aos modernos e excêntricos contos de fada Edward Mãos de Tesoura e Peixe grande, o cineasta Tim Burton tornou-se conhecido por sua linguagem visual única, que equilibra perspicácia e humor ácido.

Neste livro, em que as ilustrações evocam a doçura e a tragédia da vida, Burton apresenta uma galeria de personagens infantis muito peculiares. Incompreendidos e desajustados, eles lutam para encontrar amor e aceitação em um mundo cruel. São desesperançados e infelizes heróis que nos lembram o lado negro que há em todos nós.
Resenha:
O triste fim do menino Ostra 
O menino Ostra nasceu exatamente como uma Ostra.
Ele ficava sempre sozinho, as crianças não queriam ficar com ele e até seus próprios pais os estranhavam, até ao médico o levaram, mas de nada adiantou.
A cabeça de ostra do menino era inaceitável para os pais e seu fim estava próximo...
Seu pai achou uma solução e colocar o seu filho para dormir não foi uma opção...

O menino Múmia
O menino nasceu estranho, sua mãe o definia como um punhado de gaze.
Seu pediatra dizia que era a Maldição da Múmia e a pobre criança só sofria.
Mas as brincadeiras do múmia faziam as crianças correrem, com uma espada na mão o jovem dizia que tinha que fazer um sacrifício e para isso ele precisava de um pessoa viva.

Ao passear no parque com seu cachorro, o garoto foi confundido em uma festa.. para sua mãe o que estava enrolado nele era gaze, mas para aquelas crianças era papel machê...





"E como era noite de Halloween,
O menino Ostra se fantasiou de ser humano."
- Página: 123



Opinião:
A principal história é a do menino Ostra que é extremamente curta e composta por poemas de Tim Burton.
Essa historinha é bem triste como todas as outras, os personagens recebem um final desastroso em versos perfeitos, o que achei um tanto incrível.
Apesar de se parecer um livro infantil com seus versinhos fáceis contando histórias de crianças estranhas, esse livro não é nadinha infantil.

Um menino que tem prego nos olhos, um garoto que é comido vivo, uma mulher que procura solução no sexo e na magia... é o repertório da obra.

Indico a leitura para pré-adolescentes que até iriam achar engraçado, que foi o que achei.
A leveza da leitura me enganou em cheio conforme fui lendo, encaixando as peças e dando risadas descontraídas fui percebendo que uma parte da obra é pura poesia e a outra é de pura agonia... leiam para tirarem suas próprias conclusões, vale a pena!

Já ia me esquecer de comentar que o livro é cheio de ilustrações...
Fiquei até querendo comprar, esse bonitinho quem me emprestou foi o bibliotecário do meu trabalho.

Espero que tenham gostado.
Até o próximo post!
Beijuuu,
Keth

4 comentários:

  1. Oi, Keth!

    Realmente, para um livro com ilustrações que aparenta ser indicado para crianças, a história é bem pesada e nem um pouco indicado para crianças hahahah mas gostei de saber sua opinião, ainda não conhecia a obra e fiquei curiosa!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol!!
      Não, é? A estética do livro engana, menina. Kkk

      Espero que tenha a oportunidade de conhecer um dia.

      Beijuu ♥

      Excluir
  2. Oiie. Tudo bom? Eu amei a premissa do livro assim como gosto muitos das obras de Tim Burton. Gostei de saber o que esperar da obra. Parece ser fascinante ver toda essa poesia em ação. Beijos.

    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiie.
      Você iria amar, Jess!
      É muito legal, um tanto estranho, mas legal. Kkk

      Beijuu.

      Excluir

Obrigada por deixar o seu comentário! ♥
Caso tenha um blog deixe aqui o link para eu conhecer. =)